• Rodrigo Leão
  • 3 Junho, 2009

NOVO ALBUM DO RODRIGO LEÃO JÁ SAIU!

Bitter-Ruin-008
Rodrigo Leão, indiscutivelmente, um dos mais conhecidos e apreciados compositores portugueses dos nossos dias, prepara-se para apresentar o seu novo álbum, ‘A Mãe’, no Casino do Estoril a 5 de Junho (estreia do novo Salão Preto e Prata). Este concerto dá o mote ao lançamento do novo álbum com data agendada para 22 de Junho, bem como a uma digressão aguardada com ansiedade, não só por todos os que têm seguido a sua extraordinária carreira, mas também pelos novos públicos que o descobriram mais recentemente.

Em ‘A Mãe’, Rodrigo Leão procura homenagear o mais puro dos amores. Os temas novos como “Vida Tão Estranha”, “Sleepless Heart”, “Canciones Negras”, “This Light Holds So Many Colours” (com a participação de Stuart A. Staples, dos Tindersticks), “Cathy” (com a participação de Neil Hannon, dos The Divine Comedy), “No Sè Nada” (com a participação de Melingo), “A Mãe” ou “Segredos”, convocam, uma vez mais, as melodias únicas que lhe têm valido aplausos constantes em todo o mundo.

Dono de uma das mais interessantes discografias do nosso país, o músico e compositor Rodrigo Leão tem conhecido o sucesso dentro e fora de portas, facto que lhe tem permitido ter convidados de peso nos seus discos, como aconteceu com Ryuichi Sakamoto ou Beth Gibbons (Portishead). Na década de 80, o seu visionário trabalho na Sétima Legião lançou pistas que ainda hoje são exploradas pela nossa pop. Fez também parte dos Madredeus, grupo com quem gravou cinco álbuns, angariando aplausos em todo o mundo. Logo depois, em 1992, Rodrigo aventurou-se a solo com enorme sucesso. Mas seria com o álbum “Cinema”, de 2004, que a sua música alcançaria novas audiências, reaproximando-o da esfera pop. Depois, a compilação “O Mundo”, lançada internacionalmente em 2006, garantiu-lhe os mais rasgados elogios: Pedro Almodóvar, por exemplo, não teve dúvidas e descreveu Rodrigo Leão como “um dos mais inspirados compositores do mundo”.

Finalmente, em 2007, Rodrigo deu música às imagens da excelente série de televisão “Portugal – Um Retrato Social” e percorreu com sucesso várias salas do nosso país. Seguiu-se o desafio dos responsáveis pela maior série de ficção já produzida em Portugal, “Equador”, para a qual Rodrigo compôs algumas evocativas peças que são já momento alto dos seus concertos.
Cinema Ensemble de Rodrigo Leão: Celina da Piedade, Ana Vieira, Viviena Tupikova, Marco Pereira, Bruno Silva, Luís Aires e Luís San Payo.

Artigos Recentes