• Rodrigo Leão
  • 30 Outubro, 2015

O NOVO DISCO DE RODRIGO LEÃO CHEGA HOJE ÀS LOJAS

Bitter-Ruin-008

“O Retiro” é certamente um dos álbuns mais aguardados deste ano da música portuguesa e assinala o regresso de Rodrigo Leão aos álbuns de originais, depois de nos últimos anos se ter dedicado à composição de bandas sonoras, como para os filmes “The Butler – O Mordomo” e “A Gaiola Dourada”, ou ao projeto “A Vida Secreta das Máquinas”.

Este novo álbum de Rodrigo Leão, editado hoje, conta com o selo da prestigiada Deutsche Grammophon e é um projeto muito especial para o músico, que colaborou estreitamente com o Coro e Orquestra Gulbenkian.

O músico assina neste novo disco uma série de trabalhos inéditos, compostos entre Lisboa e Avis ao longo de seis meses, em que se debruça sobre importantes questões filosóficas, que se prendem com a procura do sentido da vida e de um lugar no mundo, temas que sempre estiveram presentes nas entrelinhas das suas criações e que são uma das suas principais fontes de inspiração. Este é, acima de tudo, um disco de pensamento, de reflexão e contemplação, carregando em si uma dimensão quase mística.

“O Retiro” é mesmo um dos grandes desafios da longa e frutuosa carreira de Rodrigo Leão, tendo sido gravado por Tobias Lehmann (responsável por muitos registos da lendária editora Deutsche Grammophon) no Grande Auditório Gulbenkian, aproveitando a acústica extraordinária desta sala.

O músico contou ainda com as colaborações do seu quarteto de cordas habitual (Viviena Tupikova, Bruno Silva, Carlos Tony Gomes e Denys Stetsenko) e por cúmplices regulares, como Celina da Piedade e Selma Uamusse, que interpreta “Melancolia”, primeira canção a ser apresentada deste novo álbum.

Steve Bartek (ex-Oingo Boingo e braço direito do compositor de Tim Burton, Danny Elfman) e o violoncelista Carlos Tony Gomes colaboram ainda com Rodrigo Leão nos arranjos orquestrais, enquanto que João Eleutério foi novamente convidado para co-produzir o álbum.

Em novembro Rodrigo Leão apresentará as composições de “O Retiro” numa série de concertos muito especiais. No dia 18 atuará no Coliseu do Porto e nos dias 20 e 21 no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, concertos que contarão com a presença dos mesmos músicos que colaboraram nas gravações do álbum.

Artigos Recentes